Exercícios de flexibilidade e mobilidade para fazer em casa

Com o passar dos anos, se não praticarmos exercício físico suficiente, o corpo acaba por se tornar mais rígido. No entanto, é fundamental contrariar esta tendência, que pode ser responsável por lesões e por dificuldade nos movimentos. Nesse sentido, os exercícios de flexibilidade e os exercícios de mobilidade são a solução ideal para nos ajudarem.

Diferença entre flexibilidade e mobilidade

Embora estejam estreitamente ligados, e seja difícil conseguir definir cada um de forma simples, são conceitos diferentes. Assim:

Mobilidade

 

A mobilidade geralmente é a capacidade que uma articulação tem de realizar, de forma voluntária e natural, uma determinada amplitude de movimento.

Flexibilidade

 

Já a flexibilidade é o grau de movimento que se consegue atingir com esforço ou com ajuda de forças externas, por exemplo, o peso do corpo ou aparelhos de exercício.

que tipo de treinos encontramos aqui?

Pois bem, como estão relacionados, as modalidades que trabalham os exercícios de flexibilidade costumam também incluir exercícios de mobilidade, e vice-versa. Ou seja, costumam ser feitos em conjunto. Além disso, devem integrar uma respiração que seja relaxada e indutora de uma boa promoção de ganhos de amplitude articular.

Tipos de Treinos - Mobilidade e Flexibilidade

Os treinos devem preparar o corpo para o movimento, alongando músculos e tendões. Podem ser completos e variados, englobando atividades que trabalham resistência, equilíbrio, força, flexibilidade, coordenação e mobilidade, entre outros. Alguns exemplos são os alongamentos, o Tai-chi, a ginástica, a barra de chão, Yoga e Pilates.

São também fáceis de adaptar a um treino em casa, uma vez que não existe a necessidade de aparelhos de ginásio.

Quais os principais benefícios do treino de mobilidade e flexibilidade?

Flexibilidade e Mobilidade - Beneficios
  • Prevenção de rigidez corporal;
  • Relaxamento muscular;
  • Diminuição de dores;
  • Aumento da força;
  • Prevenção de lesões;
  • Postura corporal mais adequada;
  • Melhoria do equilíbrio;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Maior amplitude de movimento;
  • Diminuição de stress;
  • Melhoria no desempenho de outras atividades;
  • Aumento do conhecimento do corpo.

A quem se destina?

Flexibilidade e Mobilidade - A quem se destina

Cruciais para manter o corpo em forma e evitar lesões, os exercícios de flexibilidade e os exercícios de mobilidade podem ser praticados em exclusivo ou adotados por quem pratica outras modalidades.

Por um lado, são uma excelente opção para quem tem uma vida mais sedentária. Além disso, com os devidos cuidados, não existe limite de idade, ajudando a combater a dificuldade de mobilidade e de equilíbrio em idades mais avançadas.

Por outro lado, promove também uma melhoria substancial no desempenho de outras modalidades. Assim, pode incluir um treino de flexibilidade antes ou após outro tipo de exercício físico.

Como evoluir?

Flexibilidade e mobilidade - como evoluir

Lembre-se de que tem de sentir que está a trabalhar os músculos, mas sem desconforto. Por isso, conforme se vai tornando mais fácil, pode ir aumentando a amplitude de movimento – sempre que não exista demasiada dor nem contraindicação médica – o tempo ou o número de vezes. No entanto, convém escolher um (tempo, vezes ou amplitude) para fazer de cada vez.

Flexibilidade e Mobilidade - Playlist

Experimente todos os exercícios de Mobilidade e flexibilidade que o Lidl tem para si!

mais para descobrir