Alimentação Vegetariana e Vegana – quais as diferenças?

| Artigo escrito pela nutricionista Mariana Abecasis 

 

 

Cada vez mais se fala em alimentação vegetariana e alimentação vegan e nos seus benefícios para a saúde e para o planeta.

Mas então qual a diferença entre uma alimentação vegan e uma alimentação vegetariana?

o vegetarianismo

vegetarianismo

 

  • um estilo alimentar que se baseia no consumo de produtos de origem vegetal,
  • que exclui a carne e o pescado,
  • e que pode, ou não, incluir derivados de origem animal (como lácteos e ovos).

Com base na flexibilidade do regime adoptado podem ser considerados os diferentes tipos de vegetarianismo:

  • Ovo-lacto vegetarianos

    Vegetarianos que evitam carne e peixe, mas consomem laticínios e produtos com ovos.

  • Lacto-vegetarianos

    Vegetarianos que evitam carne, peixe e ovos, mas consomem produtos lácteos, como leite, queijo, iogurte, manteiga, entre outros.

  • Ovo-vegetarianos

    Vegetarianos que evitam todos os produtos de origem animal, porém consomem ovos in natura ou presentes em receitas (ex. Bolos, sobremesas, quiches, entre outros).

  • Vegetarianos restritos

    Vegetarianos que evitam todos os produtos de origem animal como carne, peixe, marisco, lácteos e ovos.

o veganismo

Veganismo

 

  • O veganismo pode ser visto como a forma mais radical e estrita de vegetarianismo.
  • Mais do que uma dieta, deve ser considerado como uma filosofia ou estilo de vida, que busca excluir todas as formas de exploração e crueldade animal.

 

Assim, os veganos tal como os vegetarianos restritos não consomem qualquer alimento de origem animal (carne, pescado, ovo, lácteos, mel...). Mas as suas opções estendem-se além da alimentação. Os veganos evitam qualquer produto que tenha origem animal, que tenha sido testado em animais ou que contribua de alguma forma para a exploração animal, seja em artigos de higiene, limpeza, cosméticos, vestuário, calçado ou medicação.

 

Daí ser considerado um estilo e opção de vida e não apenas um regime alimentar.

 

O veganismo tende a ter como base motivações éticas e morais. Sendo que o vegetarianismo, para além da ética, pode ainda ter como motivação motivos de saúde, religião ou cultura.

 

Independentemente do regime, quer o vegetarianismo como o veganismo, visam integrar um estilo de vida saudável, em que há um maior cuidado e consciência com as escolhas alimentares, com a saúde, com a natureza e com o ambiente.

MAIS PARA DESCOBRIR