Praia para as crianças: os cuidados que precisa mesmo de ter

Ir à praia é um hábito enraizado na vida de uma grande parte das famílias portuguesas. Apesar do contexto de pandemia que atravessamos, este ano não tem de ser diferente. A verdade é que já se pode ir a banhos, desde que se adotem alguns cuidados especiais, principalmente quando falamos de praia para as crianças. Para que possa usufruir destes momentos em família com tranquilidade, reunimos alguns cuidados imprescindíveis a ter com os mais pequenos.

Praia para as crianças em tempos de pandemia

Praia para as crianças em tempos de pandemia

Num manual publicado pelo Governo, são definidas as linhas orientadoras que, este ano, devem conduzir o nosso comportamento na praia. Antes de mais, importa recordar que, na praia, as vias de transmissão da COVID-19 são as mesmas: o contacto com secreções respiratórias ou gotículas expelidas para superfícies.

 

Assim, é obrigatório que se mantenha um distanciamento físico de 1,5 metros entre pessoas de grupos diferentes e de 3 metros entre chapéus de sol.

Mais do que nunca, é fundamental estar atento aos movimentos das crianças na praia, sensibilizando-as para a importância de manterem este distanciamento.

 

De igual forma, este ano estão interditas as atividades desportivas com duas ou mais pessoas. No entanto, mesmo que a praia para as crianças seja quase sempre sinónimo de alguns desportos, como jogar à bola, com um disco ou com raquetes, pode estimular os mais pequenos a descobrir outras brincadeiras, como os clássicos castelos de areia.

Cuidados a ter com as crianças

Quando se levam crianças à praia (de notar que a maioria dos médicos se mostra reticente em aconselhar praia antes dos seis meses), há um leque de cuidados imprescindíveis a adotar:

Praia: Atenção à exposição solar

Atenção à exposição solar

Apanhar sol é um hábito importante para permitir a síntese da vitamina D. Porém, é preciso não esquecer que a pele dos bebés e das crianças é muito sensível, pelo que se tem de evitar uma exposição demasiado prolongada e/ou desprotegida.

A praia para as crianças deve vir sempre acompanhada de chapéu na cabeça, guardasol e, claro, muito protetor solar (FPS 50 ou 50+), reposto várias vezes ao dia. É também necessário manter as crianças hidratadas, oferecendo-lhe água regularmente e alimentos como fruta.

Praia: Cuidados a ter com o horário

Cuidados a ter com o horário

Devido aos perigos associados à radiação ultravioleta, a praia para as crianças é desaconselhável entre as 11h30 e as 16h30.

Este ano, atendendo à necessidade de manter o distanciamento social, é ainda mais importante cumprir estes horários, para fugir aos momentos de maior concentração nos areais.

Praia: Indumentária para os bebés

Indumentária para os bebés

As idas à praia dos bebés devem ser feitas com roupa que os proteja da exposição solar.

Opte por calças e camisolas frescas, de algodão, e um chapéu de abas largas.

Praia: Transmitir algumas regras

Transmitir algumas regras

Num contexto tão delicado como este, é importante falar com as crianças que já têm alguma autonomia sobre o tipo de conduta que devemos adotar na praia e nos restantes espaços públicos.

Ensine o seu filho a respeitar o espaço dos outros e a manter o distanciamento social (mostrando-lhe na prática em que é que se traduz 1,5 metros). Além disso, não se esqueça de que dar o exemplo é essencial e de que continua a ser imprescindível supervisionar a ida das crianças ao mar.

O mais importante é que a praia para as crianças seja uma experiência rica em diversão, gargalhadas e boas memórias. Garanta os cuidados necessários para que possa usufruir de uns merecidos dias de descanso com a família à beira-mar. 

 

Se gostou deste conteúdo sugerimos que veja também: Protetores solares para crianças: Cien Sun Infantil