Férias escolares: atividades seguras para crianças

Com o final do ano letivo, os pais enfrentam um desafio: como garantir que as crianças aproveitam este tempo de forma divertida, estimulante e segura? Embora seja uma questão que reaparece todos os verões, no contexto atual ganhou mais importância. Com todas as preocupações relacionadas com a pandemia que atravessamos, em que atividades é seguro inscrever as crianças durante as férias escolares? Para o ajudar a reduzir as incertezas, reunimos algumas informações essenciais.

como serão as férias escolares em 2021?

Calendário férias escolares

O novo confinamento em janeiro, que levou a uma interrupção letiva e a uma fase de ensino a distância, fez com que houvesse alterações ao calendário escolar 2020-2021 e às férias escolares. Assim, se tudo continuar como previsto, o Ministério da Educação prevê que o final do terceiro período aconteça nas seguintes datas:

  • Pré-escolar, 1.º ciclo e 2.º ciclo – 8 de julho;
  • 7.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade - 23 de junho;
  • 9.º, 11.º e 12.º anos - 18 de junho.

No entanto, devemos ter em mente que atravessamos ainda um período de incerteza. Por um lado, a vacinação contra a COVID-19 está a avançar substancialmente. Por outro, existem ainda muitos novos casos de infeção. Assim, não só é necessário manter todos os cuidados que já conhecemos, como também estarmos atentos às medidas de desconfinamento de cada região, para ter a certeza do que podemos fazer.

Em relação às férias escolares dos mais pequenos neste verão, diversas entidades de atividades de tempos livres já abriram as inscrições para 2021. Nesse sentido, seguem as diretrizes de prevenção da COVID-19 na organização de campos de férias, colónias de férias e centros de atividades de tempos livres da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ). Entre outras medidas, estão, por exemplo:

  • privilegiar as atividades ao ar livre;
  • dar preferência às atividades que não impliquem contacto físico;
  • o reforço da higienização, desinfeção e ventilação das instalações;
  • o respeito pelo distanciamento físico, organizando os participantes em turnos e grupos reduzidos, tanto nas atividades como à hora das refeições;
  • os campos de férias deveriam também reduzir o número de camas e aumentar o número de funcionários;
  • utilizar exclusivamente praias concessionadas, seguindo as regras da época balnear 2021.

Campos de férias escolares

Preparar as crianças para as atividades

Antes de as crianças começarem as atividades de tempos livres durante as férias escolares, os cuidadores devem transmitir-lhes algumas indicações importantes. É crucial responder às questões dos mais pequenos com tranquilidade, explicando-lhes que, na fase que vivemos, medidas de proteção imprescindíveis para cuidarmos uns dos outros.

Cuidados a ter

Além disso, não se esqueça de lhes preparar um kit  para colocarem na sua mochila, constituído por:

  • uma máscara, pois é obrigatório o seu uso em locais fechados, transportes e na rua quando não for possível manter o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde;
  • luvas, para atividades na floresta, por exemplo;
  • uma solução antisséptica de base alcoólica, alertando-os para a importância da lavagem frequente das mãos.

Garanta, igualmente, que as crianças não levam consigo brinquedos ou outros objetos desnecessários.

Por fim, consulte atentamente as indicações e políticas adotadas pelos centros de atividades de tempos livres que escolher. Por exemplo, qual é a idade mínima para o uso de máscara (geralmente é aos dez anos, mas nas escolas é obrigatório a partir dos seis anos), quais os acessórios que recomendam para o kit e se também é necessário levar roupa de cama, toalhas, saco-cama ou tenda próprias.

A importância das atividades de férias de verão

As férias escolares deste ano, de facto, serão novamente diferentes. No entanto, é essencial garantir que as crianças aproveitem este tempo de pausa para brincar, aprender e socializar em segurança.

Atividades

Brincar é muito importante para o desenvolvimento e a felicidade das crianças. De igual modo, passar tempo ao ar livre tem inúmeras vantagens para a imunidade, a saúde e evolução dos mais jovens (e não só). Além disso, as atividades de tempos livres e os campos de férias oferecem às crianças e aos jovens oportunidade ímpares para contactar com a natureza, fazer desporto, conhecer património histórico e cultural e, claro, fazer amigos e colecionar boas memórias em segurança.

 

É normal sentir alguma preocupação, mas, tal como no ano passado, as instituições irão redobrar esforços para garantir todas as condições para acolher e proteger a sua criança durante as férias escolares. Para se sentir mais seguro, procure os centros de atividades da sua localidade e informe-se bem sobre cada um deles, para perceber qual será a melhor escolha para a criança.

Devido às incertezas que ainda existem, à evolução da pandemia e às diferentes medidas de desconfinamento que vão sendo adotadas em cada região, convém consultar sempre o site do Governo para perceber quais são aplicáveis ao seu caso

Por esta razão, é ainda essencial continuarmos a manter todos os cuidados que temos vindo a adotar com a epidemia de COVID-19, para podermos retornar à normalidade e, eventualmente, passar umas férias escolares e um verão descansados.

Mais para descobrir todo os dias