Paulo Ferreira

 

Do sofá para o Ironman 2020: uma história real

 

Paulo tem uma vida comum, cheia de tarefas, igual à de tantas outras pessoas. E, como tantas outras pessoas, dizia não ter tempo para fazer desporto. Mas Paulo decidiu reescrever a sua história, ao seu ritmo. Este ano, vai participar no Ironman Cascais, com o apoio do Lidl Portugal.

 

Com as várias tarefas profissionais e pessoais a lutar por um lugar na agenda, muitas vezes o exercício físico fica esquecido. É uma luta desigual, porque, na hierarquia das coisas importantes, tende-se a colocar o desporto cá em baixo, junto à porta de saída. Para o voltar a colocar na corrida, é preciso disciplina e  força de vontade. É preciso assumir que o caminho deve ser feito ao ritmo de cada um, mas há que o percorrer!

 

Assim fez Paulo Ferreira quando, aos 31 anos, decidiu reorganizar a vida para incluir, na sua rotina, atividade física. Nessa altura pesava 92kg, tinha hábitos sedentários, uma vida profissional stressante, era fumador compulsivo e fazia uma alimentação descuidada. Numa consulta médica de rotina, percebeu que era urgente mudar de hábitos. Sabia que o caminho teria altos e baixos, que iria exigir força de vontade e superação e sabia, acima de tudo, que tinha de dar o primeiro passo. Mas a pergunta que se impunha era: Como?

 

Com convicção, e logo após a consulta médica, Paulo comprou uma bicicleta de BTT. A partir daí, foi ganhando pedalada. Aos fins de semana, começou a passear pela Serra de Sintra; mais tarde, juntou-se a um grupo, o Fura Trilhos, depois começou a praticar triatlo e, hoje, todos os dias faz desporto.

Paulo Ferreira deixou cair o Não

 

“Tive de repensar tudo. Não podemos deixar de olhar por nós, pelo nosso bem-estar e pela nossa saúde, porque se o fizermos tudo o resto vai correr mal. Não somos imortais. Temos de pensar no que queremos e parar de adiar as decisões que precisamos de tomar. O desporto pode ser o caminho”

 

MAIS PARA DESCOBRIR TODOS OS DIAS