Creme matificante: Hidratar a pele oleosa e ficar sem brilhos

Ao contrário daquilo que se poderá pensar, o excesso de oleosidade da pele não fica definitivamente resolvido com o fim da revolução hormonal característica da adolescência. Apesar de haver uma maior incidência na fase da puberdade, é cada vez mais comum encontrar este problema no decorrer da idade adulta. Por esse motivo, é fundamental adotar determinadas rotinas de beleza que ajudam a controlar ou evitar a pele oleosa.

Para além da influência da genética e dos desequilíbrios hormonais (mais recorrentes durante a adolescência, a menstruação ou a gravidez), há variáveis contextuais que contribuem para o aumento dos níveis de produção sebácea. Tratam-se de fatores como o excesso de stress, uma dieta pouco saudável, a utilização de cosméticos desadequados ou a exposição desprotegida e exagerada ao sol (a pele irá compensar a secura provocada pela radiação através da secreção de mais óleo).

Os problemas associados à pele oleosa

Segundo a dermatologista Helena Toda Brito, a população masculina tem uma maior tendência para ter a pele oleosa, mas “habitualmente é o sexo feminino quem mais se queixa deste problema, devido às suas implicações estéticas”. A boa notícia é que a formação de rugas costuma ser mais tardia neste tipo de pele.Contudo, há um vasto leque de problemas associados à pele oleosa explica a especialista: a pele torna-se espessa, com aspeto brilhante e os poros dilatados sobretudo na ‘zona T’ (testa, nariz e queixo) e no couro cabeludo, deixando o cabelo pesado e gorduroso. Para além disso, verifica-se uma propensão maior para a formação de acne.

Como controlar a oleosidade da pele?

  • Lave o rosto de manhã e à noite com um produto de limpeza suave, próprio para pele oleosa. Evite lavagens excessivas ou com água muito quente e a utilização de produtos de limpeza agressivos. A pele reagirá à eliminação do seu óleo natural com a produção de mais sebo, numa lógica de “compensação”. Durante o dia, em situações SOS, pode passar uma toalhita absorvente de oleosidade.
  • O excesso de sebo mantém as células mortas à superfície da pele. Desta forma, a esfoliação é incontornável na pele oleosa para renovar a epiderme e evitar o aparecimento de pontos negros e acne. Deve optar por esfoliantes pouco agressivos (os melhores são à base de ácido salicílico, que ajudam a dissolver o óleo) e por máscaras purificantes.
  • Aplique um creme matificante e hidratante de manhã e à noite. Procure produtos oil-free e não comedogénicos (que não provocam obstrução dos poros). Ingredientes como o ácido salicílico ou o zinco, muitas vezes presentes na fórmula dos cremes matificantes, ajudam a desobstruir os poros e a regular a produção de óleo da pele.
  • Aposte em maquilhagem mineral, que não obstrui os poros, e utilize um primer oil-free, para manter a maquilhagem intacta. Tenha sempre o pó compacto na mala e retoque ao longo do dia, de forma a manter a oleosidade bem longe.

Creme Matificante Cien

Mais para descobrir, todos os dias