Criar um jardim em casa: terapia para os dias de isolamento

No atual contexto de confinamento, é crucial apostar na qualidade do tempo que passamos em casa. Ora, uma das melhores formas de o fazer é, precisamente, através do investimento no conforto do seu lar. Já pensou na hipótese de criar um jardim em casa? Não é por acaso que tantas pessoas se têm convertido ao hobby da jardinagem como terapia.

 

Além de tornar qualquer espaço mais acolhedor e bonito, é uma forma de estimular a atividade do corpo e da mente. Trazemos-lhe algumas dicas para que possa começar já a pôr as mãos na terra!

Criar um jardim em casa: terapia em tempo de confinamento

São múltiplos os estudos que comprovam que a jardinagem é uma atividade com impacto muito positivo no combate à ansiedade e à depressão. De facto, o contacto com as plantas pode ser verdadeiramente terapêutico, principalmente num momento em que é tão importante encontrar estratégias para fugir à monotonia e à solidão.

 

A jardinagem como terapia não só oferece benefícios para a sua saúde, como também poderá trazer vantagens para a saúde da sua carteira e do planeta. Ao cultivar alguns hortícolas ou plantas aromáticas, tem a oportunidade de usufruir da deliciosa e ecológica experiência de saborear o fruto do seu trabalho. Contudo, antes disso, há algumas dicas que deve mesmo conhecer.

De que material para jardinagem precisa?

materiais_jardim_em_casa_lidl

Em primeiro lugar, deve pensar nos instrumentos que precisa de reunir para se iniciar nestas lides. Mas descanse, para ter um jardim em casa não será necessário um investimento muito grande. Confira a nossa lista:

  • Luvas;
  • Tesoura de jardinagem;
  • Pulverizador / regador;
  • Espátula / pá.

 

Como aproveitar bem o espaço?

vasos_jardim_em_casa_lidl

Visto que o objetivo é instalar uma área verde dentro de portas, um dos desafios expectáveis diz respeito ao eficaz aproveitamento do espaço. Neste capítulo, a opção mais inteligente é um jardim vertical, com vasos suspensos. Não é tão difícil como pode certamente parecer ao início. Escolha uma parede vazia, com boa exposição à luz solar, e avalie a melhor alternativa para si.

Em lojas de bricolage, pode encontrar facilmente estruturas já prontas, com vasos e sistema de irrigação, normalmente disponíveis em madeira, plástico ou metal. No entanto, ainda que esta opção permita poupar algum trabalho, o melhor será sempre reaproveitar alguns materiais para construir um jardim vertical artesanal (e com o seu toque artístico, claro). Por exemplo, uma solução bastante popular, com uma estética rústica atrativa, é a utilização de paletes. Caso prefira, pode ainda optar por pregar os vasos diretamente à parede.

Que plantas escolher?

plantas_jardim_em_casa_lidl

Este é um dos tópicos que mais indecisão costuma gerar entre os principiantes no universo da jardinagem. Tendo em conta a enorme variedade de espécies plantas à disposição, é normal. Ainda assim, há algumas que são mais indicadas para começar.

As suculentas, por exemplo. De origem desértica, são altamente resistentes, não exigindo regas frequentes. Além disso, criam raízes muito depressa. Outra boa alternativa são as heras do diabo, também conhecidas por serem pouco exigentes. Afinal, dão-se bem com pouca água e com diferentes condições de luz.

No entanto, pode aproveitar este seu espaço verde para plantar hortícolas e ervas aromáticas, que darão um sabor irresistível (e biológico) aos seus pratos. Neste caso, é aconselhável começar por opções de fácil cultivo, como alface, rúcula, tomate-cherry, espinafres ou morangos. Para um toque de frescura, dá sempre jeito ter à mão uns raminhos de salsa, de cebolinho, de tomilho ou de manjericão.

Cuidados a ter com a manutenção do jardim

regar_jardim_em_casa_lidl

É importante que mantenha bastante presente a ideia de que o principal segredo da botânica é a paciência. Os ritmos da Natureza devem ser sempre respeitados. Todas as plantas são diferentes e, por isso, exigem cuidados diferenciados.

Uma das questões mais sensíveis neste contexto é a rega. É fundamental que a quantidade de água seja adaptada às necessidades de cada planta em cada estação. Antes de distribuir a água, coloque um dedo no substrato e assegure-se de que está seco.

Depois, garanta que a drenagem está a ser feita de forma eficaz. Pretende-se que a terra esteja húmida, não molhada.

Torne a sua casa num espaço mais arejado, bonito e alegre. Ter um jardim em casa é uma ótima forma de cultivar momentos felizes e terapêuticos. Dificilmente quererá voltar a viver sem este hobby!

MAIS PARA DESCOBRIR