Vitamina E: um aliado importante na exposição solar

Quando o tema de conversa é a exposição ao sol não é propriamente a vitamina E que nos surge de imediato no pensamento. É quase inevitável associar a importância da exposição solar à necessidade do nosso organismo de absorver vitamina D - e bem! Para além de representar um papel crucial na nossa saúde, bem-estar e humor, o sol é, de facto, uma importante fonte de vitamina D, cuja ação fortalece a estrutura óssea, ajuda a controlar os níveis de cálcio no sangue e a prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Contudo, nesta história são várias as vezes em que o sol pode despir a capa de herói para encarnar o papel de vilão. Uma exposição solar excessiva e desprotegida pode acarretar várias consequências nefastas para a saúde do maior órgão do corpo humano: o aceleramento do envelhecimento cutâneo, o aparecimento de manchas e rugas, a perda de elasticidade e densidade ou o aumento da incidência de cancro da pele. É neste capítulo que encontramos, por fim, o outro protagonista desta narrativa: a vitamina E, que pode representar uma valiosa barreira contra os malefícios do sol.

A importância da vitamina E para a pele

A vitamina E pode ser uma importante aliada na complicada missão de manter a pele protegida das agressões do ambiente. Não é por acaso que esta vitamina é um elemento central de um grande leque de produtos dermocosméticos: a sua ação antioxidante e anti-inflamatória ajuda a proteger as células contra os efeitos nocivos dos radicais livres - moléculas produzidas no nosso organismo em situações de stress, como a exposição ao tabaco ou à radiação solar, por exemplo.

De acordo com a Oregon State University, a vitamina E, que é normalmente produzida pelas glândulas sebáceas, tem propriedades fotoprotetoras, atendendo à sua aptidão para absorver a radiação ultravioleta. Esta substância tem, ainda, a capacidade de auxiliar os processos de cicatrização, dado que estimula a produção de fibras elásticas e de colagénio. A reposição regular desta vitamina contribuirá, assim, para aumentar a proteção solar, hidratar e nutrir a pele, prevenir o seu envelhecimento precoce e o aparecimento de rugas.

A vitamina E deve ser reposta antes da exposição solar de forma tópica (aplicada sobre a pele), de modo a reduzir o risco de lesões nas células da superfície da pele. Para o fazer, pode utilizar o Leite Solar FPS 50 ou o Spray Solar FPS 50+ da Cien, enriquecidos com vitamina E. Especialmente indicados para longas estadias ao sol, estes protetores solares ajudam a manter a pele hidratada, saudável e protegida dos radicais livres.

Como incluir a vitamina E na sua dieta?

Se conjugar a aplicação tópica da vitamina E com a sua ingestão, o seu efeito antioxidante e de proteção solar será potenciado de forma mais eficaz. Para isso, deve adicionar à sua dieta ingredientes ricos nesta vitamina, como espinafres, gema de ovo, nozes, sementes de girassol, espargos ou abacate. Siga estas receitas com ingredientes com vitamina E.

Proteção Solar e Vitamina E

Mais para descobrir, todos os dias