As várias formas de utilização do gel Aloé vera

É quase impossível que não se tenha já cruzado com um produto que tenha o gel Aloé vera destacado no rótulo. O líquido extraído desta planta suculenta, definido por muitos como milagroso, é hoje incontornável no universo da cosmética. Mas a sua popularidade não se fica por aqui: também a indústria farmacêutica e alimentar têm vindo a explorar as potencialidades ímpares desta planta.

Os vários usos do gel Aloé vera

São inúmeras as utilizações dadas a esta planta, cujas propriedades regeneradoras e curativas são conhecidas há milhares de anos: pode encontrar-se uma descrição do valor medicinal do gel Aloé vera no papiro de Ebers, que data de 1550 a.C. Hoje, são vários os estudos que atestam os seus numerosos benefícios para a saúde.

Produtos de cosmética

A indústria da cosmética apoderou-se das propriedades mágicas do gel Aloé vera e dificilmente o abandonará. É possível encontrar uma vastíssima gama de produtos feitos com base nesta planta: de cremes anti-envelhecimento a protetores solares, passando por removedores de maquilhagem, desodorizantes, produtos para depilação, produtos anti-acne, after shave, géis de banho ou champôs.

As propriedades hidratantes e refrescantes da planta proporcionam uma nutrição profunda à pele. Deste modo, o gel Aloé vera revela-se extremamente eficaz, por exemplo, no tratamento de queimaduras solares, proporcionando um alívio imediato e estimulando a regeneração da pele. Para além disso, está provado que este gel ajuda a pele a rejuvenescer, retardando o aparecimento de rugas.

Através de produtos como o Hidrogel Aloé vera da Cien, especialmente concebido para peles normais, secas, danificadas ou envelhecidas, poderá usufruir do efeito regenerador, protetor e amaciante desta planta.

De igual forma, a planta mágica tem provado os seus benefícios no campo da saúde capilar: as suas propriedades nutritivas ajudam o cabelo a manter-se forte e hidratado. O pH da Aloé vera facilita a penetração dos nutrientes no couro cabeludo, estimulando a sua revitalização. Trata-se, assim, de um bom aliado no combate à queda de cabelo.

Indústria farmacêutica

No que diz respeito à indústria farmacêutica, o gel Aloé vera tem sido utilizado como base de produtos de utilização tópica, como pomadas e géis, e na produção de comprimidos, cápsulas e até pastas dentífricas. Segundo um estudo publicado em 2017, estas pastas ajudam a reduzir a placa bacteriana, a proteger as gengivas e a fortalecer os dentes.

Neste ramo, um dos mais frequentes usos da Aloé vera prende-se com a saúde digestiva. As suas propriedades laxantes ajudam a eliminar as toxinas do nosso corpo. É, por isso, eficaz no combate à prisão de ventre e na prevenção de vários problemas gastrointestinais. Um estudo do Journal of Neurogastroenterology and Motility mostra que o consumo do gel desta planta melhora os sintomas associados ao síndrome do intestino irritável.

Indústria alimentar

Ainda que seja mais incomum encontrá-la desta forma, a Aloé vera começa a ser bastante utilizada como recurso alimentar. O seu gel é usado sobretudo na preparação de bebidas saudáveis, que funcionam como suplementos alimentares. No entanto, já pode encontrar esta planta numa grande variedade de produtos, como iogurtes, sumos, gelados, doces ou biscoitos.

Para além das utilizações nos produtos acima mencionados, a Aloé vera pode também ser encontrada noutros artigos como: detergentes para a roupa e limpeza da casa (como por exemplo: detergentes da loiça). Devido à sua ação calmante e às suas propriedades hipoalergénicas a Aloé vera é um ingrediente cada vez mais presente em artigos das mais diversas áreas.

Alóe vera Cien

Mais para descobrir, todos os dias